PALOPs - Novo abraço dado pelo BIC

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PALOPs - Novo abraço dado pelo BIC

Mensagem por JornalExtra-Online em Seg 9 Jun 2008 - 14:36



O Banco BIC Português já iniciou a actividade num contexto peculiar do sistema financeiro mundial, mas num momento particularmente positivo da economia angolana e do relacionamento económico entre Portugal e Angola.

Este país africano está em 9.º lugar nas exportações portuguesas e é n.º 2 nas exportações extra-comunitárias, logo a seguir aos EUA. Em 2007, a globalidade das exportações portuguesas aumentou 8,7%, sendo que para Angola cresceu 39%.

"É crucial que Portugal jogue com o dinamismo de mercados emergentes extra-comunitários para compensar o arrefecimento provocado pelo subprime americano. No Banco BIC Português estamos a aproveitar estas sinergias e Angola é um caso excelente de estabilidade económica", refere Luís Mira Amaral, CEO do Banco BIC Português.

Numa primeira fase o Banco BIC Português vai concentrar esforços no negócio bilateral entre os dois países em 3 vertentes: banco correspondente dos bancos angolanos, nomeadamente do Banco BIC Angola; banca de empresas, apoiando os empresários portugueses na actividade para Angola e os empresários angolanos na internacionalização para Portugal e Europa; private banking para gestão de activos financeiros de angolanos.

"Não tenho dúvidas de que dentro de 10 anos Angola vai ser uma grande potência mundial. Os empresários angolanos também querem diversificar os investimentos e o país ainda tem muito potencial para crescer. No Banco BIC Angola tentámos inovar a este nível e criámos o private banking em Angola que não existia. Actualmente, este serviço representa 14% do volume total do Banco BIC", afirma Fernando Teles, Presidente do Conselho de Administração Executivo do Banco BIC em Angola e Presidente do Conselho de Administração não executivo do Banco BIC Português.

O negócio de particulares está pensado numa lógica de complemento à banca de empresas e de apoio aos clientes do Banco BIC de Angola em Portugal. O Banco BIC Português já conta com acordos de cooperação que possibilitam a venda de produtos de outros bancos na agência hoje inaugurada e, em paralelo, vai ter pequenos guichets noutras instituições bancárias portuguesas para promover o know-how das operações com Angola, como é o caso do Banco Popular.

Até ao final de 2008, o Banco BIC Português vai abrir uma agência/centro de empresas na cidade do Porto e, para 2009, está pensada a abertura concertada de novas agências/centros de empresas nas capitais de distrito com maiores relações económicas com Angola. Cidades como Aveiro, Braga, Leiria, Faro ou Viseu, estão na primeira linha de preocupação e análise.

A aposta nas PME e o salto para fora do negócio bilateral Portugal-Angola serão fundamentais na segunda fase de implementação do Banco BIC Português. Através das agências distritais, o Banco vai fazer um acompanhamento muito próximo da realidade empresarial e proporcionar aconselhamento inovador com uma capacidade de resposta imediata. Também por esta altura, será criado um "centro de competências e de inovação para a banca angolana", através de serviços corporate e trade finance que o estado da economia de Angola vai exigir muito em breve. O Banco BIC Português pode também vir a ser o pivot de operações de financiamento complexas para o mercado angolano - esta postura é assumida com a abertura de escritórios de representação na Europa e com o desenvolvimento da área de gestão de activos (asset management). Como este tipo de serviços ainda não existem em Angola e em Portugal já estão completamente maduros e consolidados, o Banco BIC Português, através da equipa portuguesa, pode apoiar a criação deste tipo de investimentos.

No primeiro trimestre de 2008, o Banco BIC abriu em Angola 11 unidades comerciais, os resultados líquidos registaram 19 milhões de dólares, os recursos totais de clientes atingiram 2270 milhões de dólares e o total de crédito concedido situou-se nos 1569 milhões de dólares. O Banco BIC ocupa actualmente em Angola o primeiro lugar no ranking de movimentos cambiais, com 34% de quota de mercado, a quarta posição no ranking de crédito à economia, com 14% de quota, e o quarto lugar no ranking de recursos totais de clientes, com 13% de quota.

O Banco BIC Português é um banco de direito português, criado de raiz, de capitais angolanos e portugueses, e tem a mesma estrutura accionista do Banco BIC de Angola. Da equipa inicial fazem parte 30 colaboradores. O Banco BIC iniciou actividade em Angola em Maio de 2005 e conta actualmente com 71 Agências, 9 Centros de Empresas, 1 Gabinete de Private Banking e 12 Balcões Empresa, empregando cerca de 945 colaboradores.

JornalExtra-Online
Chefe de Redacção

Feminino Número de Mensagens : 291
Data de inscrição : 28/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum