A "verdade" de Salsinha nem a todos convenceu...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A "verdade" de Salsinha nem a todos convenceu...

Mensagem por JornalExtra-Online em Seg 14 Abr 2008 - 14:07



De Timor-Leste chegaram "novas" sobre a vingança contra Xanana que estaria na origem do ataque a Ramos Horta segundo o tenente Salsinha.

Em tempo foi dado a conhecer pela Agencia Lusa, em Lisboa, um encontro do primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, com peticionários (desertores do exército) como estando na origem dos ataques de 11 de Fevereiro ao Presidente José Ramos Horta, revelou ao semanário Expresso Gastão Salsinha, novo líder dos rebeldes.

O tenente Gastão Salsinha, substituto do falecido major Alfredo Reinado no comando dos rebeldes, declarou ao jornal que, segundo informadores, Xanana Gusmão se teria reunido nas suas costas com peticionários, na capital, depois de Ramos-Horta tentar um acordo em Maubisse.

Salsinha afirmou desconhecer a intenção de Reinado quando se dirigiu fortemente armado a casa do Presidente da República, em Metihau.

De acordo com a mesma fonte, "o ataque que se seguiu (...) - em Balibar -, ao carro do primeiro-ministro, foi uma reacção emocional".

"Sabíamos que Reinado estava morto. Os homens ficaram zangados e dispararam (...)", adiantou, rematando: "Se tivéssemos intenção de matar, não tínhamos atirado aos pneus. Foi um aviso".

A reunião do primeiro-ministro, Xanana Gusmão, com peticionários, visando a sua reintegração nas Forças de Defesa de Timor-Leste (FDTL) ou, em alternativa, o regresso à vida civil, ocorreu a 07, em Dili, enquanto a tentativa de acordo de Ramos-Horta foi feita a 13 de Janeiro, segundo o Expresso, que conclue ser afirmação do tenente Salsinha,"mais de uma centena de homens estarão com os rebeldes, escondidos algures na ilha.

Que outras razões mais se esconderão nos eventuais conluios políticos e que terá Portugal a ver com as situações vividas em Timor ? Que terá Ramos Horta a mais que qualquer outro lider, de outra qualquer frente, ou causa para pedir a receber "miminhos" na convalescença do Presidente da República de Portugal ? E lá lhe foi adoçada a -amarga - boca com uns pasteizinhos de Belém... - ou seriam saudades, vá lá alguém saber,das memórias dos "velhos do Restelo"

- Quanta da verdade e da razão das coisas vai ficando por dizer encobertas por "conciliábulos" acontecidos pelos corredores do poder...


Lusa/EXTRA

JornalExtra-Online
Chefe de Redacção

Feminino Número de Mensagens : 291
Data de inscrição : 28/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum